sábado, 2 de abril de 2011

CAPÍTULO X - UMA SÓ CARNE – MÁRCIO

No ano seguinte, lá estava eu de novo, mas agora celebrando um casamento. Jonas e Ester trocavam as alianças. Eu e Brenda juntos unimos nossas mãos às deles e eu citei a passagem:
- Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. (Mateus 19: 6). Amém? – eu perguntei ao povo que repetiu e aplaudiu
Ao trocarem as alianças os noivos recitaram versículos um para o outro:
- Eu sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales. (Cantares 2 : 1) – os olhos de Ester brilhavam e ela até piscou levemente para espantar as lágrimas que insistiam em cair, enquanto contemplava seu amado segurando suavemente suas mãos colocando sua aliança
- Qual o lírio entre os espinhos, tal é meu amor entre as filhas. (Cantares 2: 2) – Jonas segurava as mãos de Ester colocando com carinho sua aliança na mão esquerda que beijava ternamente.
Minha espôsa Brenda também tentava conter as lágrimas e eu procurei não me dominar pela emoção prosseguindo:
- Esta é a aliança definitiva, a aliança do matrimonio. Ester, um nome de rainha, que o seu marido seja para você um rei como o rei Assuero, que disse sem titubear: Qual é a tua petição? E ser-te-á concedida, e qual é o teu desejo? E se fará ainda até metade do reino. (Ester 5: 6-b)
Todos riram, pois perceberam que eu dei uma ênfase maior à palavra, mas eu expliquei:
- É claro, que com sabedoria, ela nunca pedirá um absurdo, nada que esteja fora da palavra de Deus, mas o Jonas também terá o discernimento e lembrará a passagem que Deus fala aos maridos: Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. (Efésios 5: 25-27).
O mais emocionante não foi só ver a alegria dos pais de Jonas de seu irmão menor e dos outros familiares, mas o carinho de sua irmã Beth por ele e pela cunhada, quando às lágrimas se chegou aos dois e os abraçou, dizendo:
- Deus abençoe você Ester, que é mais uma vitória na vida do meu irmão e Deus te abençoe, Jonas, que saiu do grande peixe pra real meta que Deus te reservou... Gente, eu não posso falar mais...
A emoção tomou conta de Beth e eu prossegui aquela cerimônia:
- Quando Deus restaura, Ele faz muito mais do que nós possamos imaginar. As tribulações vêm, a gente se pergunta por quê? E na maioria das vezes elas pegam a gente de surpresa. Mas depois, também quando menos se espera Ele Converte o deserto em lagoa, e a terra seca em fontes. (Salmos 107: 35) e nós temos aqui um cenário que exemplifica esta palavra, pois este mar tão grande foi paisagem de muitas bênçãos que ocorreram aqui e ainda será de muitas outras que virão.
Lembrei meu casamento com minha amada Brenda. Aquela doce menina que chorava pelo amor a uma vida clamando ao Senhor pela libertação dela. Minha esposa é uma benção sem medida na minha vida, um manancial. O que mais me impressiona nela é como é incansável, dedicada como esposa, como mãe, como amiga. Tudo o que ela aprendeu com os pais, tudo o que viveu com as amigas Alessandra e Carla, foram ingredientes pra aprimorar este pão doce enviado por Deus que ela é, este maná dos céus, sempre presente quando alguém precisa dela. Minha ovelha e pastora, pastora das amigas e que ganhou como presente de casamento a conversão de Alessandra, que tivemos também a alegria de assistir trocar as alianças aqui nesta mesma praia com o Allan, mais uma vida restaurada pelo Senhor. Só lembranças de vitórias, apesar de saber que muitas lutas virão, com muitas outras vitórias. Alessandra e Carla são duas vitórias de oração e fiquei feliz de ver como essas valorosas mulheres de Deus também ganham vidas pra Este Deus e como cuidam delas. Assim como cada ovelha que aparece na igreja ou no nosso colégio, vejo como é belo ver histórias como a de Jonas e outras histórias que foram e serão aqui contadas tocando corações. Você leitor, é a pessoa mais importante deste blog.

6 comentários:

  1. Está aí um belíssimo cap' [sou suspeita pra falar pq particularmente amo cerimônias de casamento!] mas o Vinicius desenhou a cena com muita delicadeza!!

    amo as passagens bíblicas tmbm.. não posso deixar de falar!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Não vou negar: eu choro em casamentos. Esta narrativa do casamento do Jonas e da Ester foi tão sensível, real, que não resisti: chorei. Não consegui segurar a emoção. Parabéns Vinícius!

    (OBS.: Vinícius, tenho outro Perfil em que uso o apelido de Esmeralda (uso esse Perfil para fazer Formatações em HTML). Embora eu esteja conectada ao blog com o Perfil Principal, não sei porque esta aparecendo: "Esmeralda disse..." - deletei o comentário, mas continua aparecendo assim...)

    CARMEN ELIZA BOTHMANN disse...

    ResponderExcluir
  4. Amei...
    Casamentos são sempre emocionantes.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  5. Se fosse possível mostrar aqui as minhas lágrimas...
    Amei esta casamento,sempre gosto de cenas assim e o casamento de Jonas e Ester, nossa foi maravilhoso.
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  6. Hum... Momentos de romantismo. Isso sempre aquece o coração da gente. Até me diverti no começo quando o pastor mencionou sobre Assuero... Ficou show!!!

    ResponderExcluir